Hoje nosso tema são os pufes e para mim, versatilidade é a palavra que melhor os define. De ambientes sofisticados aos mais despojados, essas peçam complementam os espaços como poucas e tem sua utilidade estendida no momento em que a elas podem ser atribuídas diversas funções além de sentar-se. Confira as dicas e inspire-se nas imagens coloridas, monocromáticas, chiques e casuais que selecionei para vocês, todas com diversas propostas e modelos de pufes diferentes. Espero que curtam! 
Os pufes podem ser utilizados de diversos modos e em inúmeros ambientes, tais como quartos, living, closets, varandas e até em cozinhas. Sua versatilidade permite isso. Além de ser um amigo e tanto na hora de acomodar um convidado em uma sala pequena, por exemplo, ele pode também servir de apoio para bebidas e petiscos em um encontro informal com amigos. Nesse segundo caso, onde o pufe exerce a função de mesa de centro ou lateral, no momento da escolha, prefira aqueles que sejam mais rígidos e retos, isso facilitará o apoio dos comes e bebes.
 Outra dica bacana para otimizar espaço – e essa eu mesma criei para minha casa – é a seguinte: pufes debaixo de um aparador que seja vazado no meio. Ideia super legal e funcional. Nessa proposta, os pufes servirão para acomodar sentadas mais pessoas e quando não for usado para isso, eles voltam para o lugarzinho deles e não ocupam espaço. Na verdade, quando guardados, eles ocuparão um lugar que certamente seria inutilizado, ou seja, debaixo do aparador. Ainda na questão da falta de espaço, é possível usá-los tranquilamente para substituir cadeiras ou poltronas. Tente!
 Mesmo em cômodos maiores, onde espaço – ou melhor, a falta dele – não é um problema, o pufe exerce diferentes funcionalidades e ainda garante modernidade ao ambiente. Em closets e quartos, por exemplo, a peça pode funcionar como um móvel de apoio. Em salas amplas, confere charme e descontração.
 O material, a textura e a cor são determinantes para a harmonia da peça com o décor. Tecidos mais sofisticados imprimem mais sobriedade. Se o estilo do espaço for criativo e divertido, o ideal é optar por uma peça estampada ou de cor vibrante. Fará toda a diferença. Atente-se apenas para o fato de que, antes de escolher um modelo, defina o local onde irá colocá-lo. Parece óbvio, mas não é! As vezes gostamos da peça e queremos levá-la de qualquer jeito. Mas lembre-se que além de linda e imprimir o seu estilo, o pufe deve se adequar ao ambiente em que será colocado. Até semana que vem!
Coluna da Paty - Puffs
Studio PRS Interiores – prsinteriores@gmail.com